KWID

Versões

Life 1.0L 12V SCe Manual
Zen 1.0L 12V SCe Manual
Intense 1.0L 12V SCe Manual
Outsider 1.0L 12V SCe Manual

Resumo

O Renault Kwid é o citycar da montadora francesa e atualmente é o carro mais barato do mercado brasileiro.

Apesar de a montadora tentar vendê-lo como um SUV subcompacto, o Renault Kwid é um hatch subcompacto, concebido quase que exclusivamente para o uso urbano.

Lançado em 2017, foi concebido como modelo de entrada para mercados emergentes como o nosso. Diretamente ele compete com o Fiat Mobi, se você comparar pela faixa de preço.

Em suas versões superiores, o Renault Kwid compete dentro do competitivo segmento de hatchs compactos, que tem carros mais modernos, mais potentes e mais bem equipados, mas joga a favor do subcompacto a mecânica confiável e principalmente o preço.

Oferecido em quatro versões, sempre o mesmo conjunto mecânico, há a versão básica, o Kwid Life, uma intermediária, o Kwid Zen e no topo da linha, o Kwid Intense e o aventureiro, Kwid Outsider, que tem os mesmos equipamentos do Intense, somente com mudanças estéticas.

Apesar de ter a carroceria compacta, o Renault Kwid é estilizado na forma de um SUV. Essa fórmula de sucesso em nosso mercado é expressa com maior altura em relação ao chão do que costumam ter outros hatchs e em detalhes estéticos típicos, como o acabamento em preto nos para-choques. É um design que não se caracteriza por sua elegância, mas pode-se dizer que é interessante. As linhas são truncadas realmente dão um aspecto robusto Renault Kwid. Na traseira, o subcompacto parece muito maior do que, ou seja, a montadora conseguiu o que queria em seu projeto, com pequenas lanternas laterais e uma grande tampa. O Renault Kwid Outsider tem estas características mais visíveis, como versão aventureira do subcompacto, ele recebe em toda a parte inferior das portas e entorno das rodas uma máscara negra. Nesta versão, o hatch também ganha um pouco mais de altura, com isto ele acaba parecendo mesmo um SUV compacto.

Equipa todas as versões do Renault Kwid 2020, o bom motor 1.0 de 3 cilindros e 12 válvulas que entrega 70 cavalos de potência ao subcompacto. Assim como, o motor, todo o conjunto mecânico é o mesmo para todas as versões do Renault Kwid, que vem com câmbio manual de cinco marchas e tração dianteira.

Por se tratar do carro de entrada da montadora e ter o preço como seu principal atrativo, o desempenho do Renault Kwid não é tão ruim. Neste item, o hatch chega inclusive a ser um pouco superior à maioria de carros de sua faixa de preço. O Renault Kwid acelera de 0 a 100 km/hora em 14,7 segundos e atinge velocidade máxima de 156 km/hora. No consumo, ele mostra que sua vocação urbana não se resume a estilo, o carro é muito econômico, rodando na cidade 10,3 km/litro com etanol e 14,9 km/litro quando abastecido com gasolina. Isto, não significa que seus números na estrada não sejam bons, mas ficam dentro da média do segmento. Na estrada, o Renault Kwid percorre 14,8 e 15,6 km/litro, quando abastecido com etanol e gasolina, respectivamente.

Quanto às sensações ao dirigir, podemos destacar seu desempenho urbano, com boa resposta em baixas rotações e excelente visibilidade. A altura que beneficia passar mais fácil por nossas ruas esburacadas compromete um pouco o conforto, o Renault Kwid chacoalha e sente os solavancos um pouco mais do que outros hatchs. Devido ao seu tamanho, o hatch é bem fácil de manobrar e pode ser facilmente estacionado. Na estrada, a potência do motor é limitada para ultrapassagens e quando passa dos 100 km/hora, o ruído invade um pouco a carroceria e o Renault Kwid fica instável. O Renault Kwid não é para andar em alta velocidade, com muito vento, mas isto era de se esperar, já que estamos falando do carro mais barato do mercado brasileiro e alguns destes problemas também estão presentes em modelos bem mais caros do que o compacto.

O bom entre-eixos do Renault Kwid proporciona um espaço interior relativamente generoso para um carro desse tamanho, especialmente nos bancos traseiros, o subcompacto é mais espaçoso que quase todos os hatchs compactos do mercado brasileiro. Além da natureza de baixo custo do Renault Kwid, na apresentação geral não se sente como um carro barato. O ponto mais fraco está na posição de dirigir, com o banco do motorista muito alto e que não pode ser ajustado, o que dificulta a visibilidade para motoristas mais altos. Para completar, a direção do Renault Kwid também não é ajustável nem mesmo nas versões topo de linha.

Não era de esperar uma longa lista de equipamentos do Renault Kwid, afinal não dá querer o carro mais barato do mercado brasileiro seja ao mesmo tempo completo. O Renault Kwid Life, versão de entrada do subcompacto, tem a direção elétrica e o ar-condicionado na lista de opcionais, enquanto no Kwid Zen estes itens são de série e traz ainda vidros e travas elétricas. Nas versões topo de linha, a oferta de equipamentos aumenta, Kwid Intense e Kwid Outsider trazem, além dos itens das versões mais básicas, retrovisores elétricos, chave-canivete e faróis de neblina.

O design do painel do Renault Kwid 2020 não tem os melhores materiais, mas tem é bom acabamento e inclui velocímetro, conta-giros e um display digital onde você pode ver o nível de gasolina. No Kwid Life somente há um rádio, já o Kwid Zen traz o equipamento com conectividade via USB e Bluetooth. O kit multimídia, só nas versões topo de linha, o Kwid Intense e o Kwid Outsider, e mesmo eles sendo um pouco mais caros que o Kwid Life e o Kwid Zen, ainda são carros baratos e o sistema é muito bom para esta faixa de preço. Com uma nova tela sensível ao toque de sete polegadas, o sistema melhorou, ele apresentava um delay que gerava críticas, mas foi solucionado para a linha 2020. Além disto, o kit tem espelhamento para celulares e GPS integrado, este último, muitos carros de segmentos superiores não trazem, ponto para a Renault em fabricar um urbano com preço baixo e um bom multimídia.

Nos itens de segurança, o essencial e obrigatório, sendo freios ABS e ganchos Isofix, mas o Renault Kwid tem um plus, mesmo no Kwid Life há quatro airbags (dois frontais e dois laterais). As versões topo de linha, Kwid Intense e Kwid Outsider vêm com câmera de ré.

Voltar

Gostou? Temos uma proposta para você!

Carros Publicidade
Carros Publicidade
Precisa de Ajuda?
Estamos prontos para lhe atendeder
Precisa de ajuda? Chama no Whatsapp