Voyage

Versões

1.0

Resumo

A versão sedan do Gol, nosso velho conhecido já está nas concessionárias como Volkswagen Voyage 2022.

Fabricado no Brasil em versão única com duas opções de motores, o clássico 1.6 e o novo 1.0 de 3 cilindros, com opções de câmbio manual ou automático, o VW Voyage resiste e segue vendendo bem mesmo com um mercado cheio de novidades.

No mercado de sedans de baixo custo, existem muitos concorrentes, no entanto, o Volkswagen Voyage tem um preço muito tentador e uma mecânica realmente confiável.

Com o preço similar e a confiança do consumidor brasileiro, somente dois carros fazem frente ao Volkswagen Voyage 2022 no mercado de sedans populares, o Nissan Versa e o Fiat Grand Siena.

Mesmo com um projeto antigo o Volkswagen Voyage oferece tudo de bom do Gol, além dos benefícios de ser um sedan no espaço, versatilidade e conforto.

Apesar de ser um sedan compacto, o Volkswagen Voyage não fica para trás em espaço interno se você o comparar com os sedans médios, mas com o diferencial que o preço do Voyage é muito menor. A plataforma é a mesma do Gol, portanto as semelhanças são evidentes. Na frente, do Volkswagen Voyage encontramos um design idêntico ao do hatch que lhe empresta a carroceria, com faróis esportivos levemente arredondados, uma entrada de ar frontal e uma saia que, neste caso, não possui detalhes cromados ou faróis de neblina. Na lateral, as linhas são sóbrias, completamente retas e alongadas. O perfil das rodas é alto e tem rodas de 14 polegadas com pneus clássicos no Voyage 1.0 e 15 polegadas no Voyage 1.6. Fecha o conjunto uma traseira arredondada com um para-choque largo e que dá identidade própria ao Volkswagen Voyage. Dá a impressão de que o carro sorri para você e é fácil reconhecê-lo e diferenciá-lo de outros modelos da Volkswagen por causa desses detalhes característicos.

O motor do Volkswagen Voyage pode ser o de oito válvulas de 1.6 litros e 104 cavalos de potência e vir com o câmbio manual de 5 velocidades ou o automático de 6 marchas. Já o Voyage 1.0 2022 que vem com o novo motor 1.0 da Volkswagen, que já equipava carros mais modernos da montadora, tem 3 cilindros e alcança 84 cavalos de potência máxima. Nesta motorização o câmbio é sempre o manual de 5 marchas. A tração é dianteira tanto no Voyage 1.0 quanto no 1.6; e a sua mecânica o posiciona como um sedan confiável e resistente.

Os números do Volkswagen Voyage são os esperados para um Gol de dimensões ampliadas. O Voyage 1.6 acelera de 0 a 100 km/hora em 10,5 segundos, o que está muito bom, neste sentido, o sedan popular da montadora chega a superar a outros modelos mais caros da VW, a velocidade máxima dele é de 186 km/hora. Na versão de entrada, o Voyage 1.0, não tem números tão bons, mas tampouco é algo distante da realidade de seus concorrentes mais diretos do segmento de sedans populares. Com o motor 1.0, o Voyage 2022 faz de 0 a 100 km/hora em 13,2 segundos e atingindo a velocidade máxima de 173 km/hora. No consumo isto se inverte, o Voyage 1.0 abastecido com gasolina faz 12,9 km/litro na cidade e 15,4 km/litro na estrada, enquanto com etanol faz 8,7 e 10,5 km/litro, respectivamente na cidade e na estrada. Já o Voyage 1.6 quando abastecido com gasolina faz 11,1 e 13,3 km/litro, respectivamente, na cidade e na estrada e com etanol roda 7,5 e 9,4 km/litro nestas mesmas condições.

Sua tímida potência é compensada por seu excelente desempenho em baixas rotações, o motor fornece torque máximo em apenas 1.500 giros no Voyage 1.6, permitindo um bom desempenho na cidade. Na estrada se nota que o motor é muito exigido em altas velocidades, o que afeta um pouco o consumo, isto acontece mesmo na versão 1.6 do sedan. O desempenho é justo, apenas o suficiente para um sedan. Não é um carro para exigir desempenho e não era de se esperar isto do Volkswagen Voyage 2022 que tem a seu favor o preço e a tradição.

Quanto ao design interior, tem boa distribuição, proporcionando um espaço amplo e confortável. Todos os elementos estão localizados em locais intuitivos e corretos para facilitar o manuseio. O console e o carro em geral têm materiais duros, mas com bons acabamentos. Os assentos do Volkswagen Voyage são de tecido, com um bom trabalho nas costuras e são bastante confortáveis. O volante, por outro lado, é simples e clássico, sem comandos que o deixem mais sofisticado. Na avaliação geral, o sedan tem o interior mais simplista produzido pela Volkswagen. A posição para dirigir é adequada, mas o volante não pode ser ajustado em altura ou profundidade. O espaço atrás é suficiente, embora não seja tão largo. Dois adultos podem viajar bem confortáveis, e até um terceiro, desde que a viagem não seja muito longa. Todos os bancos traseiros do Voyage 2022 têm apoios de cabeça, mas não são os mais confortáveis: eles “dançam” um pouco quando o carro freia ou se move bruscamente. Com uma excelente capacidade de 480 litros, o porta-malas é muito versátil e com bancos dobráveis, embora não cheguem a um ângulo reto.

O Voyage Volkswagen 2022 é bastante modesto em equipamentos, já que a única versão disponível é a de entrada para o modelo. Isso inclui suporte para telefone celular Dock Station, ar condicionado manual, direção hidráulica, computador de bordo, volante padrão e espelhos retrovisores manuais.

O design do painel é sóbrio e simples, não despertando muitas emoções. No Voyage 2022, o sistema multimídia opcional é o "Composition Media Plus" com CD, AM / FM, Bluetooth, entrada auxiliar, cartão USB e SD.

Pouco a dizer e elogiar sobre a segurança, o Volkswagen Voyage possui apenas dois airbags, discos a freio dianteiro com ABS e cinco apoios de cabeça, ou seja, apenas o obrigatório para a comercialização no mercado brasileiro. Ainda não foi regulamentado pelos testes de colisão do Latin NCAP, mas a classificação de 3 estrelas do Gol serve como referência.

Voltar

Gostou? Temos uma proposta para você!

Carros Publicidade
Carros Publicidade
Precisa de Ajuda?
Estamos prontos para lhe atendeder
Precisa de ajuda? Chama no Whatsapp